domingo, 25 de dezembro de 2016

Resenha - Sandman apresenta: A festa de Delirium

Boa tarde mais uma vez! Ontem na noite de natal ganhei três livros lindos do meu namorado e um deles foi um muito fofinho, chamado A festa de Delirium. Trata-se de um livro infantil com lindas ilustrações, onde os perpétuos ainda são crianças. É um livro escrito e ilustrado por Jill Thompson. Para quem não conhece os perpétuos, são personagens criados por Neil Gaiman. Os perpétuos são sete irmãos, onde são personificações da Morte, Desejo, Desespero, Sonho, Destruição, Destino e Delírio. As obras são adultas, no entanto essa série infantil foi criada de forma a atenuar o clima obscuro que os perpétuos estão sempre situados, visando um conteúdo para menores de 18 anos.
Eu achei uma fofura esse livro. Como é curtinho, li em torno de 30 minutos, pois gosto de apreciar as ilustrações, que são muito bem feitas e contrastantes. Essa edição da Panini é muito linda!


O livro conta a história de Delirium, que inconformada com a tristeza de sua irmã Desespero, organiza juntamente com a ajuda de seu cachorrinho Barnabás, uma festa para ela. Assim, ela convida todos os perpétuos para se juntarem à festa e assim, conseguirem, nem que seja por um segundo, arrancar um sorriso de Desespero.

Ilustração do livro - Desespero e Delirium
 As ilustrações realmente são lindas, dá até vontade de mandar ampliar e fazer vários quadros. xD

Ilustração do livro - Os pequenos perpétuos
Espero que tenham gostado e despertado a curiosidade de vocês!
Até mais, boa leitura e feliz natal para todos!

Resenha: IT - A Coisa - Stephen King

Boa tarde gente! Depois de vários meses lendo, finalmente terminei essa obra prima do mestre King, It- A coisa. Sem dúvida, é o maior livro que li até hoje. Demorei muito tempo para lê-lo devido a monografia que eu estava produzindo, mas finalmente terminei e isso muito me alegra, pois terei mais tempo para ler, apesar de ainda ter que estudar para a OAB.
Esse livro é um clássico do Stephen King e vale muito a pena ser lido, ainda mais para os amantes de terror e mistério. Uma coisa que eu gosto bastante na escrita do King é a riqueza de detalhes com que ele fala dos personagens, você passa a conhecê-los profundamente e isso eu acho muito bacana, faz notar o quanto ele conhece sobre a natureza humana. Isso me fascina!


It - A coisa, conta a história de sete amigos, Bill, Ben, Mike, Stan, Richie, Eddie e Beverly, que moravam em Derry, no Maine. Os mesmos vivenciaram estranhos acontecimento em sua cidade após a morte de George, irmão mais novo de Bill Denbrough. Algo maligno estava acontecendo, crianças estavam desaparecendo e sendo assassinadas, com partes de seus corpos arrancadas e mutiladas. Essa força sobrenatural ressurge a cada vinte e sete anos, quando uma nova onda de mortes acontece e as crianças sempre são as vítimas.
Inconformado com a morte do irmão, Bill lidera o grupo dos Otários, onde juntos tentam de uma vez por todas destruir a Coisa. A força da amizade deles é tão forte, que juntos eles vencem os medos da infância e se veem capazes de destruir tal aberração. 
Como garantia, eles fazem um pacto de sangue, jurando cada um perante os outros que voltariam a enfrentar a Coisa, caso ela voltasse a atormentar a pacata cidade de Derry.


Vinte e sete anos depois, já adultos e com suas vidas feitas e prósperas, eles se veem diante da Coisa mais uma vez, e devem cumprir seus juramentos feitos na infância. Todos, exceto Mike, seguiram suas vidas em outras cidades, mas voltam a cidade natal para dá um desfecho definitivo para a Coisa, nem que para isso ponham em risco suas vidas.
A Coisa aparece de diversas formas, a mais comum, como um palhaço risonho cheio de balões coloridos, já que sua maior intenção é atrair crianças e fazê-las flutuar...
Só o grupo dos Otários têm força para enfrentar tal ser, e assim o livro nos enche de flashbacks e reencontros emocionantes, unindo terror, suspense e aventura com o amor mais puro de uma verdadeira amizade.


Tal obra foi adaptada para o cinema em 1990, mas ainda não assisti.

Capa do filme IT
Pennywise no filme

Pennywise no esgoto - cena do filme

 Eu AMEI esse livro, me apeguei muito aos personagens e sofri junto com eles. Apesar do tamanho, não é um livro cansativo, pois a riqueza de detalhes e acontecimentos é muito grande. Eu recomendo muito esse livro, espero que todos tenham a rica experiência que tive ao lê-lo. Tô louca pra assistir o filme de 1990 e para a nova adaptação prevista para setembro de 2017. Eba!
Até mais,boa leitura e feliz natal!

(Aguardem que virão mais resenhas de obras do Stephen King em breve! ♥)

Resenha - Os Senhores dos Dinossauros

Olá gente, boa tarde a todos! Dessa vez demorei a postar, mas vou explicar o motivo do meu sumiço, certo?  Eu comecei a ler Os Senhores dos...