quinta-feira, 3 de março de 2016

Resenha - HQ - Sandman Prelúdio 1 e 2

Bom dia. Hoje falarei de duas HQ's maravilhosas. Eu confesso que não costumo ler esse formato, mas é algo que tenho me interessado ultimamente e agora pretendo comprar várias. Para quem acompanha meu instagram, eu li os quatro volumes da história clássica do Neil Gaiman, o aclamado Sandman. Depois de 25 anos sem escrever mais nada sobre o personagem, Neil Gaiman, juntamente com  J.H. Williams, retornam com o Prelúdio dessa belíssima obra. No Brasil serão lançados pela Panini, três volumes, cada um contendo dois capítulos. Mal posso esperar pelo terceiro volume!
É importante dizer que é necessária a leitura dos volumes clássicos para compreender os Prelúdios.



O primeiro volume foi lançado em outubro de 2015 e conta com dois capítulos. Haverá futuramente um volume único contendo todas as edições do Prelúdio, mas preferi comprar as edições separadas mesmo. Até porque terminei a história clássica há pouco tempo e estava necessitando de mais Sandman na minha vida. 

Quanto à história, Morfeus sente que algo está errado e assim é convocado de forma brusca para um local onde existem diversas facetas do Mestre dos Sonhos. Mesmo sem compreender, sente a necessidade de responder tal convocação, indo assim em busca de uma jornada um tanto insana.

É possível rever alguns personagens clássicos nessa edição e os traços são muito lindos, fiquei maravilhada com a beleza.
O único ponto negativo é que, por ser muito curto, a leitura acaba muito rápida e deixa um gostinho de quero mais. Li ontem e já estou sedenta por mais Sandman. =/
Uma coisa que acho meio confusa é a questão do tempo. Em vários momentos me perguntei se aquele fato específico estava acontecendo no presente ou se era um flashback. Tem que ficar bem atento quanto a isso, pois o tempo é bem relativo nessa obra.


O segundo volume, lançado em dezembro de 2015, é bem mais sombrio e psicodélico, contando com mais cores e mais "loucuras". 

O Senhor dos Sonhos, acompanhado de um gato, ou melhor, sua faceta felina, e uma criança, viajam à Cidade das Estrelas, afim de respostas à uma questão sombria que o assola: o que está matando as diversas facetas do Sonho dos Perpétuos,
Os exército noturnos se reúnem para a destruição do universo. Sandman se vê diante de um vortex e assim tenta arcar com suas responsabilidades.

Esse segundo volume me intrigou profundamente pelo fato do pai dos perpétuos ter aparecido, fato esse que nunca ocorreu na história clássica.


Eu indico muito a saga do Neil Gaiman, todos que adoram fantasia sombria deveriam ler. Adorei tudo, desde a história clássica até os recentes Prelúdios. Sandman deveria ser eterno. <3
Enfim, espero que tenham gostado e se interessado por essa leitura, pois tenho certeza que será cativante para todos.
Boa leitura, até mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Resenha - À espera de um milagre

Bom dia gente! Hoje vim animada porque a resenha vai ser de um livro maravilhoso, um dos melhores que li nesse ano. Como já viram no título...