domingo, 25 de dezembro de 2016

Resenha - Sandman apresenta: A festa de Delirium

Boa tarde mais uma vez! Ontem na noite de natal ganhei três livros lindos do meu namorado e um deles foi um muito fofinho, chamado A festa de Delirium. Trata-se de um livro infantil com lindas ilustrações, onde os perpétuos ainda são crianças. É um livro escrito e ilustrado por Jill Thompson. Para quem não conhece os perpétuos, são personagens criados por Neil Gaiman. Os perpétuos são sete irmãos, onde são personificações da Morte, Desejo, Desespero, Sonho, Destruição, Destino e Delírio. As obras são adultas, no entanto essa série infantil foi criada de forma a atenuar o clima obscuro que os perpétuos estão sempre situados, visando um conteúdo para menores de 18 anos.
Eu achei uma fofura esse livro. Como é curtinho, li em torno de 30 minutos, pois gosto de apreciar as ilustrações, que são muito bem feitas e contrastantes. Essa edição da Panini é muito linda!


O livro conta a história de Delirium, que inconformada com a tristeza de sua irmã Desespero, organiza juntamente com a ajuda de seu cachorrinho Barnabás, uma festa para ela. Assim, ela convida todos os perpétuos para se juntarem à festa e assim, conseguirem, nem que seja por um segundo, arrancar um sorriso de Desespero.

Ilustração do livro - Desespero e Delirium
 As ilustrações realmente são lindas, dá até vontade de mandar ampliar e fazer vários quadros. xD

Ilustração do livro - Os pequenos perpétuos
Espero que tenham gostado e despertado a curiosidade de vocês!
Até mais, boa leitura e feliz natal para todos!

Resenha: IT - A Coisa - Stephen King

Boa tarde gente! Depois de vários meses lendo, finalmente terminei essa obra prima do mestre King, It- A coisa. Sem dúvida, é o maior livro que li até hoje. Demorei muito tempo para lê-lo devido a monografia que eu estava produzindo, mas finalmente terminei e isso muito me alegra, pois terei mais tempo para ler, apesar de ainda ter que estudar para a OAB.
Esse livro é um clássico do Stephen King e vale muito a pena ser lido, ainda mais para os amantes de terror e mistério. Uma coisa que eu gosto bastante na escrita do King é a riqueza de detalhes com que ele fala dos personagens, você passa a conhecê-los profundamente e isso eu acho muito bacana, faz notar o quanto ele conhece sobre a natureza humana. Isso me fascina!


It - A coisa, conta a história de sete amigos, Bill, Ben, Mike, Stan, Richie, Eddie e Beverly, que moravam em Derry, no Maine. Os mesmos vivenciaram estranhos acontecimento em sua cidade após a morte de George, irmão mais novo de Bill Denbrough. Algo maligno estava acontecendo, crianças estavam desaparecendo e sendo assassinadas, com partes de seus corpos arrancadas e mutiladas. Essa força sobrenatural ressurge a cada vinte e sete anos, quando uma nova onda de mortes acontece e as crianças sempre são as vítimas.
Inconformado com a morte do irmão, Bill lidera o grupo dos Otários, onde juntos tentam de uma vez por todas destruir a Coisa. A força da amizade deles é tão forte, que juntos eles vencem os medos da infância e se veem capazes de destruir tal aberração. 
Como garantia, eles fazem um pacto de sangue, jurando cada um perante os outros que voltariam a enfrentar a Coisa, caso ela voltasse a atormentar a pacata cidade de Derry.


Vinte e sete anos depois, já adultos e com suas vidas feitas e prósperas, eles se veem diante da Coisa mais uma vez, e devem cumprir seus juramentos feitos na infância. Todos, exceto Mike, seguiram suas vidas em outras cidades, mas voltam a cidade natal para dá um desfecho definitivo para a Coisa, nem que para isso ponham em risco suas vidas.
A Coisa aparece de diversas formas, a mais comum, como um palhaço risonho cheio de balões coloridos, já que sua maior intenção é atrair crianças e fazê-las flutuar...
Só o grupo dos Otários têm força para enfrentar tal ser, e assim o livro nos enche de flashbacks e reencontros emocionantes, unindo terror, suspense e aventura com o amor mais puro de uma verdadeira amizade.


Tal obra foi adaptada para o cinema em 1990, mas ainda não assisti.

Capa do filme IT
Pennywise no filme

Pennywise no esgoto - cena do filme

 Eu AMEI esse livro, me apeguei muito aos personagens e sofri junto com eles. Apesar do tamanho, não é um livro cansativo, pois a riqueza de detalhes e acontecimentos é muito grande. Eu recomendo muito esse livro, espero que todos tenham a rica experiência que tive ao lê-lo. Tô louca pra assistir o filme de 1990 e para a nova adaptação prevista para setembro de 2017. Eba!
Até mais,boa leitura e feliz natal!

(Aguardem que virão mais resenhas de obras do Stephen King em breve! ♥)

sábado, 12 de novembro de 2016

Onde compro meus bonecos FUNKO POP!

Olá gente, boa tarde! Mais uma vez ando sumida do blog, e dessa vez por conta da monografia da faculdade. Assim, mal tenho algum tempo para ler e como devem saber, estou lendo um livro enorme, com mais de mil páginas, então peço um pouco de paciência para as próximas resenhas e postagens.
Hoje eu resolvi falar sobre algo que eu estou apaixonada em colecionar: bonequinhos FUNKO POP!
Esses bonecos estão cada vez mais populares no mundo, pois possuem diversos personagens de livros, séries, filmes etc.  São muito fofos e ficam lindos na estante. :)

Daenerys. Custou US $10,39.

Jon Snow. Esse eu ganhei de presente. ♥

O problema maior em começar uma coleção de funkos é o preço deles aqui no Brasil. Atualmente eles custam em média  R$100 reais, variando o preço de acordo com o personagem. Um preço realmente alto, então a melhor forma de possuir esses bonequinhos é comprando fora do país. Se você tem oportunidade de viajar para o exterior, aproveite para comprar, pois eles são bem mais baratos lá fora.
Mas se você, assim como eu, não tiver essa oportunidade, a única opção é comprar de sites estrangeiros, como Aliexpress e Ebay
Eu ainda tenho poucos bonecos, mas exceto o Jon Snow (que foi presente e meu primeiro funko ♥), todos os outros eu comprei no Aliexpress. O site é da China e funciona como o Mercado Livre. É fundamental que haja uma pesquisa sobre o vendedor, incluindo sua reputação e os comentários dos compradores. É um site seguro, se o produto não chegar, seu dinheiro será ressarcido. E se o produto não chegar da forma que você esperava, também não terá prejuízo algum.

Groot. Custou US $16,68. Foi meu primeiro Funko comprado no Aliexpress.

O contato com o vendedor é em inglês, mas nada que o tradutor do google não resolva, além de que nem sempre será necessário ter essa conversa com o mesmo.
Os preços são em dólar e também variam, mas vale muito a pena, pois são bem mais baratos que no Brasil.
Um dos pontos negativos é a demora para chegar o produto. Da China até o Brasil chega rápido até, o problema é que este fica retido na alfândega aqui no Brasil e demora muito tempo para ser liberado, em torno de dois a três meses, isso mesmo. Há também o risco de ser taxado. Eu nunca fui, mas existe esse possibilidade sempre que se compra da China. Mas mesmo pagando a taxa emitida pelos Correios, ainda sai mais barato que comprar aqui. Enfim, compensa muito comprar no Aliexpress.

Chuck. Esse eu comprei usado e foi US $ 8,99. Muito amor. ♥

Já comprei várias vezes no Aliexpress e sou suspeita pra falar. Pode até demorar, mas vai chegar. Claro que deve-se ter cuidado e atenção nessa e em qualquer tipo de compra online. No Aliexpress você tem um período de proteção que é ativado quando a sua compra é despachada. É necessário ficar atento nesse prazo e não deixá-lo acabar até o recebimento do seu produto, pois esse período de proteção vai garantir o reembolso caso o seu produto não chegue.

Mestre Yoda e Darth Vader, custaram US $ 11,36 cada um. Amo muito. ♥

Quanto ao código de rastreamento, nem sempre funciona. Depende da transportadora do seu produto, mas geralmente você consegue rastrear no site dos Correios. Comprei mais um funko ontem e recebi o código de rastreio comum, então isso varia muito do vendedor.
Outra coisa que vale dizer é que alguns bonecos vêm sem a caixa original. O próprio anúncio dá essa informação. Muitas vezes o preço aumenta muito por conta da caixa. Não é motivo para preocupação, pois mesmo sem a caixa original, eles geralmente vêm bem embalados e protegidos. Eu, por exemplo, nunca recebi um funko com defeito.

Espero ter sido clara com as informações, pois várias pessoas me perguntam onde eu compro meus funkos.
Para os interessados em começar a coleção, é só clicar aqui: Aliexpress
Caso tenha ficado alguma dúvida, pergunte nos comentários que eu responderei.
Bom fim de semana para todos e até mais! ;) 

terça-feira, 19 de julho de 2016

Resenha - O Mundo de Gelo e Fogo

Olá gente, bom dia! Primeiramente, me desculpem pelo sumiço, mas eu estava no fim do semestre da faculdade e não tive tanto tempo assim para ler, e além disso, o livro sobre o qual falarei hoje, é bem grande. Então vamos lá! :)
O Mundo de Gelo e Fogo, escrito por George R. R. Martin juntamente com Elio M. Garcia Jr. e Linda Antonsson, e publicado em 2014 pela Editora LeYa, é um livro maravilhoso, é uma verdadeira enciclopédia a cerca do universo das Crônicas de Gelo e Fogo, a qual já fiz resenha dos cinco livros aqui no blog. Essa belíssima obra de arte é um livro bem grande, com capa dura e todo ilustrado. (e que ilustrações!)


Eu adoro livros ilustrados e como sou apaixonado pelo universo de Martin, eu amei. É um item para colecionador e amante das Crônicas de Gelo e Fogo, pois ele mostra a história não contada de Westeros. 
Infelizmente esse livro ainda é bem caro, apesar do tempo em que foi lançado, mas vale muito a pena. Eu consegui o meu numa promoção na Amazon, então fiquem de olhos abertos!


O Mundo de Gelo e Fogo é bem completo e informativo, é uma verdadeira aula de história e geografia sobre os sete reinos! :)

O livro começa falando sobre a História Antiga, desde a Era da Aurora, a chegada dos primeiros homens, até a Perdição de Valíria. Fala também do reinado dos dragões, incluindo toda a dinastia Targaryen, desde a Conquista de Aegon. É nos mostrado a história sobre o reinado de todos os reis Targaryen, com detalhes não contados nos livros das Crônicas de Gelo e Fogo.  Seguindo essa linha, a queda dos dragões também é abordado. Entrando na geografia, é contado de forma bastante esclarecedora sobre os Sete Reinos, ou seja, o Norte, a Muralha e além, as Terras Fluviais, o Vale, as Ilhas de Ferro, as Terras do Oeste, a Campina, as Terras da Tempestade e Dorne. Além das terras westeroses, o livro também conta sobre outros continentes, como Essos e suas Cidades Livres e outras terras do mundo conhecido. No fim, temos a árvore genealógica de algumas casas, como Targaryen, Lannister e Stark.


Algumas ilustrações de O Mundo de Gelo e Fogo

Recomendo muito esse livro, a leitura é muito gostosa e interessante, e as ilustrações fazem a gente se sentir na terra média. 
Adorei! ♥
Boa leitura e até mais!

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Resenha - Hellraiser

Bom dia gente! Hoje vim trazer a resenha de um livro bem curto, mas bom o suficiente para eu ter amado e lido em três dias. Trata-se de Hellraiser, a obra de Clive Barker que deu origem ao filme Hellraiser - Renascido do Inferno, um clássico cult de horror de 1987. O legal é que o mesmo autor do livro dirigiu o filme também, o que eu particularmente acho muito bom. Além desse filme, ainda há outros sete, com o último lançado em 2013. Hoje eu assisti o primeiro, mas a muitos anos atrás eu assisti alguns os quais não me lembro de nada por conta do tempo, então foi bom ler o livro como uma história inédita. Quanto ao filme, eu achei bem legal, dentro do possível para um filme daquela época. Retratou bem a história do livro, mas com algumas mudanças no final. De qualquer forma, vale a pena ler o livro e ver o primeiro filme. Os outros eu ainda irei assistir.
Mas voltando ao livro, essa edição da Darkside é um luxo, a capa imita couro com todo um padrão em baixo relevo e com a figura do Cubo de Lemarchand na capa e na contracapa. Além disso, contém algumas ilustrações bem legais. Várias pessoas que me viram lendo, se admiraram com a beleza desse livro, e não é pra menos, ele é um dos livros mais bonitos que a editora já lançou e um dos mais bonitos da minha estante também.
Chega de blablablá e vamos conhecer um pouco mais da história dessa obra clássica do horror. :)
 

Frank nunca estava satisfeito com os prazeres já experimentados e estava sempre em busca de mais, até que um dia comprou o Cubo de Lemarchand por um vendedor chamado Kircher. Este havia prometido que com esse cubo, ele estaria no limiar de um novo mundo. Frank ouvira falar que o cubo proporcionaria um sonho de uma redoma dos prazeres onde aqueles cansados dos deleites triviais da condição humana poderiam descobrir uma nova definição do regozijo. Ao descobrir o segredo do cubo, um quarteto de cenobitas apareceram no seu quarto, mostrando a Frank um conceito de prazer completamente insano e diferente do que ele esperava. Assim, Frank sumiu do mundo que conhecemos e ficou aprisionado no quarto.

"Seu erro de verdade tinha sido a ingenuidade de acreditar que a sua definição de prazer era a mesma da dos Cenobitas."

Cubo de Lemarchand
 "- A caixa é uma maneira de quebrar a superfície do real - explicou. - Um tipo de invocação por meio da qual nós, os Cenobitas, somos notificados..."  

Cenobitas adaptados para o cinema
 Rory, irmão de Frank, era casado com Júlia e os dois se mudam para uma casa deixada por herança para ele e seu irmão localizada na Lodovico Street. Vizinhos falavam que viram Frank uma última vez naquela casa há um tempo atrás, antes de seu sumiço, que era frequente quando se tratava daquela figura tão aventureira e buscador incansável de novos prazeres.
Na casa havia um quarto úmido e escuro, onde outrora Frank realizara o ritual do cubo de  Lemarchand, onde convocou os cenobitas e se tornou prisioneiro deles naquele mundo onde a dor era constante.

"Da forma como foi, eles trouxeram sofrimento incalculável. Eles o inundaram com tanta sensualidade que sua mente oscilou entre a loucura, então, o iniciaram em experiências que faziam seus nervos convulsionarem só de lembrar. Eles chamavam aquilo de prazer e, talvez, estivessem falando sério. Talvez, não."
 
Júlia teve um caso com Frank pouco tempo antes de seu casamento com Rory, e apaixonada por ele, resolve ajudá-lo quando este, em uma forma completamente bizarra, consegue se comunicar com ela após ter recebido um pouco de sangue de forma acidental quando Rory cortou o dedo, nutrindo assim o chão daquele quarto e fazendo com que Frank saísse de seu cativeiro insano.
Júlia só queria que Frank retornasse ao mundo da forma como ela o conhecia e para isso os dois se uniram, matando inocentes para nutrir o corpo fraco de Frank.
Kirsty, amiga de Rory, é quem o ajuda a investigar o comportamento estranho de Julia, ao mesmo tempo que era apaixonada por ele.

O livro é excelente, é uma história muito bem bolada e insana de uma forma não clichê, onde não dá pra parar de ler até descobrir o final. Super indico a leitura e o primeiro filme dessa série. Amei, amei e amei. ♥
Até mais e boa leitura!

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Resenha - O Hobbit

Boa tarde! Hoje vim falar de um livro conhecido por quase todo mundo, um livro que eu queria muito ler depois que vi os filmes e me apaixonei: O Hobbit.
Escrito por J. R. R. Tolkien, com sua primeira publicação em 1937, O Hobbit antecede a história de O Senhor dos Anéis e conquistou uma legião de fãs pelo mundo desde então.
Eu conheço a obra a bastante tempo, apesar de só agora ter lido de fato o livro.
Existem diversas versões desse livro, afinal é uma obra antigo e traduzido em muitas línguas, mas a versão comemorativa de 75 anos foi a que eu mais gostei e decidi comprar. Existem também outras versões com a capa bem bonita.
A capa é dura e muito bonita, as folhas são amareladas e bem grossas e contém diversas ilustrações do próprio Tolkien, as quais eu amei muito e pude viajar ainda mais profundamente na história.



Bilbo Bolseiro é um hobbit que leva uma vida tranquila e pacata na sua casinha bem abastada no Condado. Se tem uma coisa que Bilbo não gosta são aventuras, pois contrariaria todo o seu estilo de vida. Mas é justamente essa proposta que Gandalf, o mago, leva até a sua porta.

Ilustração de Bilbo Bolseiro em sua casa, por Tolkien

Acompanhado de treze anões: Dwalin, Balin, Kili, Fili, Dori, Nori, Ori, Oin, Gloin, Bifur, Bofur, Bombur e Thorin Escudo de Carvalho, Gandalf convida Bilbo para uma expedição, onde o plano é recuperar o tesouro na Montanha Solitária, onde outrora reinara Thrain, o Rei Sob a Montanha. Thorin, filho de Thrain, neto de Thror, é o líder dessa equipe e seu maior desejo é derrotar Smaug e retomar o tesouro e a fortaleza de sua família que foram roubados pelo dragão.

Ilustração de Smaug feita por Tolkien
 Bilbo, os anões e o mago passam por grandes aventuras envolvendo trolls, lobos, aranhas, orcs e barris. O trajeto até à montanha é lento e sofrido, mas juntos eles conseguem passar por diversas situações e Bilbo mostra ser bem mais do que um bom ladrão e assim eles descobrem o verdadeiro valor da amizade.

Personagens adaptados para os filmes
O livro é ótimo, li rápido e me fez ficar com uma vontade imensa de ler a trilogia de O Senhor dos Anéis, os quais pretendo comprar em breve. Estou até assistindo os filmes novamente porque a leitura do livro realmente faz a gente querer ver o filme. Eu gosto bastante dos filmes, são bem produzidos e eu sou apaixonada pela fotografia.
A história é excelente e esse clima de terra média me envolveu de uma forma inacreditável. ♥

Espero que tenham gostado da resenha, boa leitura!

domingo, 8 de maio de 2016

Resenha - O Demonologista

Olá à todos! Hoje vim resenhar um livro que eu estava muito ansiosa para ler desde o seu lançamento e que finalmente li. Trata-se de O Demonologista, de Andrew Pyper, publicado em 2015 pela editora Darkside. <3
Antes de mais nada, não dá pra falar da história sem antes falar dessa edição lindíssima da Darkside. Gente, nunca tinha visto um livro com um acabamento tão lindo e tão cheio de detalhes. A textura da capa é aveludada e a lombada imita a de um livro velho. Enfim, esse livro é maravilhoso, tenho orgulho de ter ele na minha estante. *-*
O Demonologista é bem estilo Dan Brown, o que achei ótimo, pois boas influências são sempre bem-vindas.


O Demonologista conta de história de David Ullman, um professor da Columbia, especialista em mitologia e narrativa religiosa judaico-cristã, mas principalmente na obra Paraíso Perdido de John Milton.  David é ateu tanto na figura de Deus como na do Diabo. No entanto algo acontece em sua vida que o faz duvidar da sua "certeza".
Ullman recebe a visita da "Mulher Magra" em seu escritório da universidade, convidando-o a ir à Veneza para estudar um caso. O que parecia um passeio comum com sua filha Tess na Itália, se transformou em um divisor de águas na vida de David.
Em Veneza, David testemunha um homem preso em uma cadeira, com um comportamento e voz estranhos, mas na realidade quem estava presente nesse corpo era o Inominável. David registra tudo em uma câmera digital, passando assim a possuir provas da existência desse maligno ser e a ser perseguido por esse mesmo motivo.
O Perseguidor, a mando de seu senhor, tenta a todo custo possuir as provas que David guarda no cofre de um banco, mas David não abre mão assim tão facilmente. 


O Inominável se apodera do corpo de Tess, levando-a a morte. No entanto, seu corpo nunca é encontrado e David inicia uma jornada em busca de sua querida filha, afim de salvá-la do inferno. Nessa busca, ele tem a ajuda de O'Brien, sua melhor amiga, e juntos passam a desmistificar a figura do diabo.
Seguindo pistas e encontrando almas perdidas em diversos locais, além de trechos enigmáticos de Paraíso Perdido, ele se entrega de corpo e alma a esse desafio jamais imaginado por ele.

Eu gostei bastante desse livro, pois além da história, ele me trouxe uma série de reflexões à cerca da vida, da morte, das pessoas, das crenças, da falta delas, etc. Enfim, vale muito a pena a leitura.

E é isso, boa leitura para todos! :)

sábado, 16 de abril de 2016

Aparadores de livros em acrílico

Bom dia gente! Hoje vim falar para vocês sobre uns aparadores que comprei e que estão sendo muito úteis. Bem, para quem ainda não conhece, esses aparadores servem para apoiar os livros, não permitindo assim que eles caiam. Para minha estante, foi muito útil, além de que esses modelos são transparentes e quase não se deixam notar.
Existem diversos modelos de aparadores no mercado, desde os mais simples como esses que comprei, até os mais sofisticados como esseesses . Claro, o preço varia muito.
Abaixo mostrarei como ficou na minha estante.

 Achei bem bonito a transparência.

Esses livros são de minha irmã e viviam caindo, ficou ótimo com o aparador. :)

Ele segura bem o peso, fiquei bem satisfeita.

Comprei dois pares por R$ 30,00 + frete. Para quem se interessa em comprar, segue o link do vendedor do Mercado Livre .
Espero que tenham gostado, até mais! :)

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Resenha - Escuridão total sem estrelas

Boa tarde! Hoje vim resenhar para vocês um livro que eu amei de paixão, que é Escuridão total sem estrelas do mestre Stephen King. Primeiramente vale comentar o design do livro, a Suma de Letras caprichou nessa edição. A capa é toda preta, num clima que conversa diretamente com o conteúdo, mas o mais legal dessa edição são as folhas pretas nas laterais, o que torna o livro completamente dark e lindo (e maravilhoso :D). É um livro muito bonito mesmo. Mas claro, além da parte externa, o conteúdo é excelente. O livro contém quatro contos e vou fazer um breve resumo de cada um. Eu confesso que tinha um certo preconceito com contos, mas esse livro conseguiu desmistificar isso, ainda mais por ser tratar de um autor que tanto gosto.


O único ponto negativo dessa edição é que as letras se descascam e mesmo tendo muito cuidado como tenho, tive esse problema.


1922

O primeiro conto é uma confissão de Wilfred Leland James a cerca de um crime brutal que ele cometeu com o auxílio de seu filho Henry Freeman James: O assassinato de sua esposa Arlette Christina Winters James.
Sua mulher era testamentária de cem acres de boa terra. A mesma, afim de sair do campo, lugar onde nunca gostou de viver, tinha planos de vender suas terras para a Companhia Farrington, além de vender a fazenda onde vivia com Wilfred e Henry e construir uma nova vida em Omaha com os mesmos. Tinha planos inclusive de abrir uma loja.
No entanto, Wilfred, apaixonado pelo campo, nunca concordou com a ideia de Arlette, e a única solução que viu como viável foi assassiná-la.
Com a ajuda de seu filho, Wilfred não só mata a esposa, como esconde o corpo dela no poço de sua fazenda. A partir desse momento, os ratos que habitavam o último local de descanso de Arlette, passam a importunar sua vida, de uma forma bizarra e sobrenatural. A visita do fantasma de sua mulher também passa a ser constante em seu lar, onde insanidade e loucura viram rotina para Wilfred.
Seu filho Henry era apaixonado por Shannon Cotterie, sua vizinha de fazenda. Um infortúnio faz os dois se separarem, mas o garoto, em tenro 14 anos de idade não desiste de sua paixão, dando sequência à eventos nunca imaginados.


Gigante do Volante

Tess era uma escritora relativamente reconhecida pela sua obra "A Sociedade de Tricô de Willow Grove". Um dia ela recebe um convite da Books & Brown Baggers, através da pessoa de Ramona Norville, bibliotecária-chefe, para ministrar uma palestra. Tess estava acostumada com esse tipo de convite, ministrando em torno de doze palestras por ano, garantindo assim seu fundo de pensão.
A palestra seria em Chicopee, próximo de Connecticut, onde Tess morava, então foi ainda mais fácil aceitar o convite. Após a palestra, na volta para sua casa, Tess segue a recomendação de Ramona e pega um atalho, mas ela nunca imaginou o que iria acontecer em seguida. Tess foi estupadra por um homem imenso, de uns dois metros de altura.

" - Desculpa - disse ela. - Eu só estava pensando que você não dirige o seu caminhão, você o veste."

Após ser violentada pelo gigante do volante, Tess planeja uma vingança de forma a não deixar pistas, onde entra em cena um lado de Tess que ela não conhecia, uma Tess totalmente diferente e com muita sede de sangue.


Extensão Justa

Dave Streeter é um homem de 51 anos com câncer terminal, mas que encontra uma oportunidade única, e um tanto insana, de reverter esse trágico episódio.
Streeter, em uma de seus passeios de carro, o qual o ajudava a pensar e refletir, encontrou um vendedor em uma estrada, um homem rechonchudo conhecido como Boneco de Neve, próximo à uma placa escrita Extensão. O homem sentava atrás de uma mesa dobrável, protegido do sol por um enorme guarda-sol amarelo inclinado para o lado.
George Odabi era o nome do vendedor e ao ser cumprimentado por Streeter, ofereceu o produto que vendia. George vendia extensão. Extensão de crédito, extensão de cabelo, extensão de amor e outras. Era o tipo de negócio que o Boneco de Neve fazia e a proposta que ele fez à Streeter foi tentadora, apesar de completamente maluca. Streeter ganharia em torno de quinze anos de vida, algo que o câncer terminal não lhe permitiria, mas para isso teria que escolher alguém em que descarregar todo seu pesar, uma espécie de transferência de má sorte. E o pagamento consistia em 15% de seu salário durante quinze anos.
A pessoa escolhida por Streeter foi seu melhor amigo do tempo de escola, Tom Goodhugh. Streeter nutria um ódio por Tom por este ter sempre se destacado em vários esportes na escola, por ser mais bonito, mas principalmente por ter roubado Norma, sua namorada da época do colegial. Tom tinha uma vida perfeita, era feliz no casamento, tinha três filhos fortes e saudáveis, além de grande poder aquisitivo. Mas isso estava prestes a acabar.
A vida de Streeter mudou radicalmente, assim como sua saúde. Ele, sua mulher e seus dois filhos passaram a prosperar em detrimento da má sorte na vida de Tom. Situações devastadoras passaram a ser frequentes na vida de Tom, totalmente inversa à de Streeter e sua família. E assim Dave Streeter passou a viver e a gozar do produto que adquiriu do Boneco de Neve.
Até que ponto uma pessoa iria para se beneficiar pondo em risco a felicidade do próximo? É esse tipo de reflexão que esse conto nos traz.


Um bom Casamento

O último conto do livro conta a história de um casal aparentemente feliz em seus vinte e sete anos de casamento. Bob e Darcy tinham dois filhos, se davam muito bem, o único problema é que Darcy acreditava que conhecia Bob o bastante para nunca imaginar do que ele seria capaz. Em um dia aparentemente comum, ao procurar uma pilha para o controle remoto, Darcy encontra uma caixa que havia dado a Bob de presente há alguns anos, contendo três cartões presos por um elástico. O que Darcy nunca imaginou que seu marido seria, foi descoberto nesse dia, fazendo de Darcy uma nova mulher, capaz de tudo para proteger seus filhos e principalmente a si mesma. O passado de Bob entra em cena, revelando que ninguém conhece ninguém de verdade, mesmo em um casamento de vinte e sete anos. Darcy se vê em uma situação inusitada, mas ela sabe muito bem o que deve ser feito.


Eu amei de paixão esse livro, os contos são ótimos e nos fazem refletir em meio a situações extremamente complicadas. Enfim, vale muito a leitura, indico a todos.

Até mais e boa leitura! :)  

sexta-feira, 11 de março de 2016

TAG: 12 Livros para 2016

Olá à todos!
Hoje dei uma arrumadinha no blog e senti uma vontade enorme de postar alguma coisa, mas como ainda estou lendo o livro da próxima resenha, resolvi postar uma tag bem legal que vi no blog Coisas de um leitor. Na verdade já tinha visto essa tag em vários canais do youtube, então finalmente vou fazê-la, mesmo já sendo março.
A tag consiste em dizer doze livros que pretendo (e vou) ler em 2016. Alguns dos livros que vou listar, eu já tenho e outros ainda irei comprar.
Então vamos lá!

Bem, os livros acima não seguem ordem de leitura, eu simplesmente fui editando dessa forma aleatoriamente.
Segue a lista:

1. O Mundo de Gelo e Fogo - George R. R. Martin
2. Inferno - Dan Brown
3. O Símbolo Perdido - Dan Brown
4. Star Wars - Herdeiro do Império - Timothy Zahn
5. O Demonologista - Andrew Pyper
6. Sexta-Feira 13 - David Grove
7. Hellraiser - Clive Barker
8. O Exorcismo - Thomas B. Allen
9. It - A Coisa - Stephen King
10. The Walking Dead - A queda do Governador - Parte 2 - Robert Kirkman e Jay Bonansinga
11. O Hobbit - J. R. R. Tolkien
12. Os Senhores dos Dinossauros - Victor Milán

Bem, os livros são esses e eu espero muito conseguir ler todos esse ano, ou pelo menos a maioria.
Espero que tenham gostado! E vocês, quais os doze livros que planejam ler esse ano?

Até mais, boa leitura! ;)


quinta-feira, 3 de março de 2016

Resenha - HQ - Sandman Prelúdio 1 e 2

Bom dia. Hoje falarei de duas HQ's maravilhosas. Eu confesso que não costumo ler esse formato, mas é algo que tenho me interessado ultimamente e agora pretendo comprar várias. Para quem acompanha meu instagram, eu li os quatro volumes da história clássica do Neil Gaiman, o aclamado Sandman. Depois de 25 anos sem escrever mais nada sobre o personagem, Neil Gaiman, juntamente com  J.H. Williams, retornam com o Prelúdio dessa belíssima obra. No Brasil serão lançados pela Panini, três volumes, cada um contendo dois capítulos. Mal posso esperar pelo terceiro volume!
É importante dizer que é necessária a leitura dos volumes clássicos para compreender os Prelúdios.



O primeiro volume foi lançado em outubro de 2015 e conta com dois capítulos. Haverá futuramente um volume único contendo todas as edições do Prelúdio, mas preferi comprar as edições separadas mesmo. Até porque terminei a história clássica há pouco tempo e estava necessitando de mais Sandman na minha vida. 

Quanto à história, Morfeus sente que algo está errado e assim é convocado de forma brusca para um local onde existem diversas facetas do Mestre dos Sonhos. Mesmo sem compreender, sente a necessidade de responder tal convocação, indo assim em busca de uma jornada um tanto insana.

É possível rever alguns personagens clássicos nessa edição e os traços são muito lindos, fiquei maravilhada com a beleza.
O único ponto negativo é que, por ser muito curto, a leitura acaba muito rápida e deixa um gostinho de quero mais. Li ontem e já estou sedenta por mais Sandman. =/
Uma coisa que acho meio confusa é a questão do tempo. Em vários momentos me perguntei se aquele fato específico estava acontecendo no presente ou se era um flashback. Tem que ficar bem atento quanto a isso, pois o tempo é bem relativo nessa obra.


O segundo volume, lançado em dezembro de 2015, é bem mais sombrio e psicodélico, contando com mais cores e mais "loucuras". 

O Senhor dos Sonhos, acompanhado de um gato, ou melhor, sua faceta felina, e uma criança, viajam à Cidade das Estrelas, afim de respostas à uma questão sombria que o assola: o que está matando as diversas facetas do Sonho dos Perpétuos,
Os exército noturnos se reúnem para a destruição do universo. Sandman se vê diante de um vortex e assim tenta arcar com suas responsabilidades.

Esse segundo volume me intrigou profundamente pelo fato do pai dos perpétuos ter aparecido, fato esse que nunca ocorreu na história clássica.


Eu indico muito a saga do Neil Gaiman, todos que adoram fantasia sombria deveriam ler. Adorei tudo, desde a história clássica até os recentes Prelúdios. Sandman deveria ser eterno. <3
Enfim, espero que tenham gostado e se interessado por essa leitura, pois tenho certeza que será cativante para todos.
Boa leitura, até mais.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Resenha - O Oceano no Fim do Caminho

Bom dia. Primeiramente queria me desculpar pela ausência de postagens no blog, ultimamente estou meio parada e iniciarei hoje meus estudos para a OAB, então provavelmente meu ritmo de leitura costumeira diminuirá bastante. Mas farei o possível para postar algo aqui de vez em quando.
Anyway, hoje vim falar de um livro do Neil Gaiman que eu adorei. Meu primeiro contato com a escrita dele foi através de Sandman, que ainda estou lendo. Mas falarei hoje sobre O oceano no fim do caminho, um livro no qual pude experimentar a mais pura sensação fantástica de um livro muito foda. *-*
Ele é bem pequeno, dá para ler em pouco tempo e a capa é linda. Gosto muito desse acabamento fosco, e a arte tem tudo a ver com a história. Com certeza lerei outras obras do Neil Gaiman.


Esse livro é bem complexo, no início fiquei bem confusa com certos personagens, mas aos poucos mergulhei na fantasia e fiz minha própria interpretação. E vale dizer, o livro é extraordinário, eu amei.

O livro é narrado em primeira pessoa por um homem de meia-idade que volta à sua antiga casa, na qual morava na infância, para um funeral. Mas ele foi atraído para a fazenda no fim do caminho e lá ele relembra de acontecimentos macabros e emocionantes no qual viveu em sua infância.
Quando tinha sete anos, este homem conheceu Lettie Hempstock, uma garota de onze anos, que morava com sua mãe e sua avó, uma família cheia de mistério e fantasia.
Nessa mesma época, um homem cometeu suicídio num carro roubado e a partir disso, uma cadeia de eventos se originaram. A escuridão, chamada de Ursula Monkton foi despertada e Lettie Hempstock prometeu proteger à criança de então sete anos que não compreendia tal situação tão nova e sinistra.



Há cerca de quarenta anos atrás, eles entraram nos confins do bosque. O garoto, que havia prometido não soltar a mão de Lettie, a pedido dela, solta e depois disso, uma espécie de minhoca perfura o seu pé e algo passa a habitar no seu interior. Algo que ele não consegue compreender, mas que precisa de libertar o quanto antes.
A mãe do garoto passa a trabalhar viajando e contrata uma babá chamada Ursula Monkton para cuidar dele e sua irmã, e só ele percebe a maldade de Ursula, enquanto sua irmã a ama. Ursula passa a confrontar o jovem menino, cativando e roubando tudo que o mesmo ama. 
A família Hempstock, com toda sua grandiosidade, tem o papel de ajudar o menino a livrar-se dessa "coisa". É assustador e fascinante.


A leitura desse livro é bem misteriosa e fantástica, faz a pessoa pensar e fazer sua própria interpretação. É lindo, triste e cativante. Acho uma leitura única. Estou apaixonada.
Criem suas teorias... ;)
Indico muito para todos!

Boa leitura

Resenha - Os Senhores dos Dinossauros

Olá gente, boa tarde a todos! Dessa vez demorei a postar, mas vou explicar o motivo do meu sumiço, certo?  Eu comecei a ler Os Senhores dos...