quarta-feira, 1 de abril de 2015

Resenha - As Crônicas de Gelo e Fogo - A Dança dos Dragões - Livro Cinco

Bom dia! Gente, nem preciso dizer mais um vez o motivo da demora para ler livros longos né? Pois é, de novo por causa da faculdade. Mesmo assim, estou satisfeita em ter conseguido ler 811 páginas em menos de um mês, lendo sempre que possível no trabalho e até nos intervalos das aulas da faculdade! haha
Bem, hoje vim resenhar outro livro gigante, e dessa vez o quinto livro da coleção das Crônicas de Gelo e Fogo do George Martin, o último da sequência já publicada pela Editora LeYa.
Se você não conferiu, abaixo seguem os links com as resenhas dos livros anteriores:

Tenho que confessar que desde ontem estou mais depressiva que o meu natural, por motivos que só vai entender quem leu o quinto volume e quem ama esse universo de Martin.
O livro mantém seu padrão lindo de sempre, e essa capa é uma das mais, senão a mais bonita de todas na minha opinião. Ficou fodástica. Já vi várias capas diferentes dessa coleção publicada em vários países e a nossa capa brasileira sem dúvida ganha de todas! *---*

 

O Sexto livro da coleção, Os Ventos do Inverno, que seria publicado esse ano, mudou o ano de lançamento para 2016 para nossa tristeza. Pelo menos temos a série para nos confortar que terá a estreia da quinta temporada no dia 12 de abril, e que estou muito ansiosa para assistir. Vale lembrar que o livro está a frente da série e que ela não seguirá necessariamente o mesmo roteiro dos livros, podendo sofrer algumas alterações relevantes.
Vamos adentrar mais na história, lembrando que a partir de agora terá SPOILERS na resenha, no caso de quem ainda não leu os livros anteriores, se você leu até o quarto, pode ler sem ter medo de ser feliz. :)

Depois que Tyrion Lannister mata seu pai na latrina com uma besta, ele consegue fugir de Porto Real com a ajuda de Varys e vai até Pentos, para o lar do rico e poderoso Magíster que anteriormente acolheu Daenerys e Viserys antes dela se casar com Khal Drogo. 
Daenerys governa em Meereen, a cidade de tijolos coloridos, e tenta a todo custo manter a ordem e a paz entre seu povo, de forma a não permitir a volta das arenas de luta, onde seu alvo é o derramamento de sangue e dilaceração para o entretenimento de seus moradores. Entretanto, tendo em vista a ameaça yunkaíta, ela se casa com Hizdahr zo Loraq, um local de nacimento nobre, em busca da paz e harmonia, mesmo amando Daario... No entando, a arena de luta é reaberta.
Os Filhos da Harpia, um grupo secreto que tenta sempre atacar o povo de Meereen as escondidas, ataca a cada dia mais o povo de Dany, e Hizdahr se torna o principal suspeito de ser o líder, ou seja, a Harpia. 
Cersei se vê obrigada a confessar seus pecados ao Alto Septão e é obrigada a passar por grande humilhação, para retornar à Fortaleza Vermelha e rever seu filho. Durante sua prisão, o conselho do rei é alterado mais uma vez e Kevan comanda como regente.


 Na Muralha, Jon Snow faz seu papel de Senhor Comandante, tentando de forma arriscada, fortalecer o poderio da muralha. Stannis parte para confrontar Lorde Bolton e seu filho Ramsay em Winterfell. Fedor sofre nas mãos do bastardo de Bolton, chegando a ficar em estado deplorável.
Davos vai a Porto Branco para tentar fazer um acordo com Lorde Wyman Manderly e trazê-lo para a causa de Stannis.
Asha foi capturada pelas forças de Stannis e segue com o mesmo para Winterfell, como refém.
Arya permanece na Casa do Preto e Branco e faz novas descobertas que fazem parte de seu treinamento.
Brienne reencontra Jaime, alegando ter encontrada uma das filhas de Ned Stark.
Quentyn, filho de Doran Martel, chega a Meereen com objetivo de casar-se com Daenerys 
Dany sofre tentativa de envenenamento enquanto assistia com seu marido uma luta na arena, e Drogon, seu dragão sumido, aparece...
Tyrion é leiloado e vendido como escravo, juntamente com Merreca e Jorah Mormont, e fazem de tudo para chegar até a Rainha Dragão...

Gente, dá vontade de chorar ao resenhar esse livro... Queria falar tanto, porque tem muito o que falar dessa obra-prima, mas o post ficaria gigante, então resumi o máximo que pude.
Como eu sempre falo, todo mundo deveria ser obrigado a ler essa coleção do Martin. É sem explicação o quanto é foda. Enfim, leiam! ;)


Boa leitura


Resenha - Os Senhores dos Dinossauros

Olá gente, boa tarde a todos! Dessa vez demorei a postar, mas vou explicar o motivo do meu sumiço, certo?  Eu comecei a ler Os Senhores dos...